quarta-feira, 14 de março de 2012

Dara e o Handebol

A prática regular de esporte traz benefícios físico, mental e social e quem nos fala sobre isso num bate papo descontraído é Antônia Dara de Oliveira Gomes, 15 anos, esportista, ex-aluna do Instituto Laura Vicunha. Ela conta sobre a atuação do esporte em sua vida. Segundo ela desde sempre teve contato com o esporte.  Com dois anos de idade aprendeu a andar de skate o que faz até hoje, depois foi a vez do Muay thai – Boxe Tailandês. Atualmente pratica handebol.

Do handebol Dara fala com entusiasmo. Conta que conheceu o esporte nas aulas de educação física e a entrada para o time foi devido a uma jogada de nível difícil conhecida por quebrada de bola. Após ter realizada a jogada, o que foi visto por muitos, veio o convite e as competições nos jogos estudantis.

Pergunto sobre a importância e benefícios do esporte em sua vida. Diz que o esporte quando praticado com responsabilidade o que significa: atender as solicitações, respeitar os outros principalmente o potencial do adversário, comparecendo aos treinos, leva o indivíduo a ser mais comunicativo socialmente e a experimentar uma sensação de liberdade. Diz também que as emoções experimentadas com a prática do esporte são inexplicáveis, é algo que não dá para descrever, mas numa tentativa diz: É um misto de liberdade e adrenalina.

O handebol, jogo de estratégia, de jogadas calculadas ativa o cérebro e o espírito de competitividade, diferente do futebol as jogadas são com as mãos e apesar de ser com as mãos é um jogo para todos, não só para o público feminino como por muito tempo foi rotulado.

Dara nos revela ter sido muito tímida “um bichinho do mato” hoje com o handebol está mais sociável e eu acrescento aqui, bem comunicativa. 

Pergunto o que ela quer ser quando crescer e peço que deixe uma dica para os que querem abraçar a carreira esportista. Ela responde: __ Tia eu quero ser gente grande e para os que pretendem entrar para o mundo do esporte, dedicação apenas dedicação e comprometimento. Deixo também uma mensagem para os adultos, incentive a pratica do esporte assim você poderá estar contribuindo para um mundo melhor além de estar afastando de sua casa problemas sociais bem maiores.

Despedimos-nos com um: Quero te ver nas quadras.

terça-feira, 6 de março de 2012

Rally da Selva XII Edição


O rally da Selva 2012 começou no dia 02 e contou com a participação de 40 equipes de nove estados. A chuva apareceu para abrilhantar o evento e quem gosta de rali conhece sua importância e sabe que ela é o “Q”  a mais no quesito emoções. A competição foi repleta de pegadinhas, lama e pista escorregadia.

Os vovôs do off Road vieram com tudo e com o slogan deste ano "Para lavar a Alma" lavaram a alma em atoleiros, mata fechada e morros.

Nesta edição aconteceu o primeiro encontro com o povo que inspirou a competição há mais de uma década, os índios gigantes da Amazônia que pintaram os corpos e dançaram homenageando os competidores.

Com apenas 11 anos, sem poder ainda dirigir adepto ao esporte, solidário, destacamos Arthur Brandini que participou como navegador e declarou que ele e o pai se divertiram muito.


Vamos a  Classificação:
Categoria -  Júnior 


1º Lugar com 129 pontos de Tupã (SP) - Itanar Bukvar/Célia Bukvar;
2º Lugar com 111 pontos de Apucarana (PR) - José Riveline Lopes/Alonso Sanches;
3º Lugar com 83 pontos de Nova Canaã do Norte (MT) - Carlos Cesar Fernandes/Bruno Lopes;
4º Lugar com 54 pontos de Francisco Beltrão (PR) - Luciano Spessatto/Cassiano Spessatto;


Graduado:


1º Lugar com 121 pontos de Apucarana (PR) - Rogério Gonçalves/Vanderlei Hirt;
2º Lugar com 98 pontos de Capinzal (SC) - Everton Gratt/Wesley Sari;
3º Lugar com 92 pontos de Ipira (SC) - Dirceu Potrich/Leandro Rodrigo Riffel;
4º Lugar com 80pontos de Apucarana (PR) - José henrique Lopes/Jhonatan Ramon Ardigo;
5º Lugar com 75 pontos de Apucarana (SC) - Agnaldo Reis/Andre Reis.


Super Master:


1º Lugar com 114 pontos de Apucarana (PR) - Otávio Enz/Allan Enz;
2º Lugar com 100 pontos de Rondonópolis (MT) - Braz Cesconetto/Luiz Felipe Eckel;
3º Lugar com 81 pontos de Jaciara (MT) - Luiz Fernando/Alex Carvalho;
4º Lugar com 74 pontos de Maringá (PR) - Aparecido Matias Fernandes/Roberto Spessato;
5º Lugar com 69 pontos de Curitiba - Alair Lazzari/Rone Branco